Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts


 
InícioPortal*FAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Vagas Abertas, clique aqui
Não deve enviar a sua ficha para algum cargo sem fazer o Teste do Chapéu Seletor
URGENTE: Precisamos de membros do Ministério da Magia. Mais informações aqui

Compartilhe | 
 

 Ponte Coberta

Ir em baixo 
AutorMensagem
Diretor Rupert Diamond
Diretor
Diretor
avatar

Mensagens : 312
Reputação no Mundo Bruxo : 79
Data de inscrição : 01/05/2011
Localização : Hogwarts
Emprego/lazer : Diretor de Hogwarts
Humor : Razoável

Ficha de Bruxo
Ano escolar:: Concluído

MensagemAssunto: Ponte Coberta   Dom Dez 11, 2011 9:12 am

A Ponte Coberta

A Ponte Coberta está localizada no final do Pátio da Torre do Relógio e nos leva aos terrenos, mais precisamente ao Círculo de Pedra, e também da Floresta Proibida. Feita de madeira, é diferente de todas as pontes do castelo por ser coberta, e por estar misturada ao ambiente natural que a envolve. Outra coisa que diferencia a Ponte Coberta das demais pontes é o seu tom agradável e convidativo para uma conversa, uma partida de xadrez e até mesmo terminar algumas lições da escola.A vista do abismo embaixo da ponte de madeira traz um pouco de insegurança, mais com certeza ela resiste a tudo e a todos.Muitos Alunos Veem Aqui mais da Uma ótima vista para o desfiladeiro, que é cortado por um rio, as beiradas dos desfiladeiro são cobertas por enormes pinheiros e criaturas não muito Perigosas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://escola-de-magia-hogw.forumeiros.com
Rodolpho J. Windsor Tyler
Grifinória
Grifinória
avatar

Mensagens : 44
Reputação no Mundo Bruxo : 28
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 22
Localização : Grand Prairie | Texas | Estados Unidos
Emprego/lazer : Aluno de Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts
Humor : Humorado

Ficha de Bruxo
Ano escolar:: 1º ano

MensagemAssunto: Re: Ponte Coberta   Seg Dez 12, 2011 5:25 pm


*Mais um dia insignificante quando não se tem as pessoas que se ama por perto. Não é de costume acordar cedo na segunda-feira porem tinha algo que tirava o meu sono não fazia idéia do que poderia ser, porem era algo relacionado com a família... Levantando na minha cama no dormitório da grifinória masculino sem animo algum para aquele dia, estava perturbado com algo que eu não tinha a menor idéia do que, e isso era frustrante, já de pé com as mãos no bolso eu ainda estava com meu pijama e com a típica cara de sono que eu sempre estou. Indo até o banheiro da grifinória. Resolvi tomar um longo banho, acho que nada melhor que isso para tirar esse peso das costas. Despi-me e fiquei debaixo do chuveiro, ligando a água morna que produzia vapor. Sentia a água escorrer pelo meu corpo, e meu corpo parecer mais leve. Fiquei muito tempo assim, apenas sentindo aquela sensação tranqüila. Com a testa encostada na parede. Pensando em coisas que eu nem sabiam o que eram. Minha mente parecia divagar no nada. Todos os pensamentos se espaireciam com a água. E eu me senti bem. Se passado quase uma hora, eu me sequei parcialmente e enrolei a toalha sobre minha cintura, me olhando no espelho do banheiro e bagunçando meus cabelos molhados. Escovei os dentes e fiz a pouca barba que tinha. O que me rendeu um pequeno corte em que um fino caminho de sangue escorria. Saindo do banheiro com a toalha um pouco acima da minha virilha já estava com cara de gente normal, ou pelo menos um pouco por que sinceramente eu nunca vou ser normal, repetindo mais uma vez no futuro eu vou acabar de qualquer jeito catando lixo o dia todo com um pijama laranja com um número atrás algemado... Saindo do dormitório já no salão comunal estava começando a ficar melhor, eu tinha alguma coisa que eu mudava de humor de uma hora para a outra. Observando o lugar bem populoso pelos membros da grifinória pensando no que iria fazer nas aulas começo a rir do nada sozinho chegando até me desequilibrar e quase cair no chão me curvando um pouco levando minha mão esquerda a minha boca, todos ficavam a me olhar eu nem ligava todos sabem que eu era assim e sempre serei isso é simplesmente um fato da vida, ainda rindo começo a tossir de tanto rir com a barriga já doendo eu sinceramente não via graça porem como eu era o " capeta " grifino já poderia imaginar os professores me colocando para fora das aulas ou até me suspendendo porem tenho que me segurar, não posso fazer o que estou pensando em fazer com os profesores desse ano. Sem olhar para nenhum grifino que ali tinha me observando saio dali calmamente com os olhos semi-fechados com a cabeça levantada e com um bico sobrenatural. Já fora da comunal não sei por que e sabe la Deus como me da uma vontade de ir para o primeiro andar dar uma volta pela ponte coberta, ver as aves que geralmente passavam por ali, tacar fogo nelas... Sabe como é, o que eu sempre fiz quando não tinha nada melhor para fazer a não ser fazer besteira que eu amava de paixão mesmo, nunca vou deixar de fazer uma droga na minha vida, a única coisa que não foi com pensamentos maliciosos ou travessos foi começar um namoro sério, só de pensar, começo a voar sem previsão de volta como sempre brisando. Nesses pensamentos totalmente noiados e maliciosos, nem percebo que já estou na ponte coberta com as mãos no bolso pela primeira vez andando como gente normal. Rodolpho sai do local.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ponte Coberta
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A Ponte do Arco (Avalon, Lothiriel, Icarus, Necross e Nuala)
» Passar por cima e por baixo de uma ponte
» Adaptação dos Itens
» [Entrada - País da Água] Grande Ponte
» ♦ Grupo 5 - O levante - Externo, Tarde (Ares)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts :: Castelo de Hogwarts :: Térreo-
Ir para: